Cheguei ao primeiro milhão e agora?

Cheguei ao primeiro milhão e agora?


Outro dia dei uma entrevista para um site de consumo responsável ou educação financeira, algo que em tese, tenta ajudar a todos a poupar mais do seu pobre e suado dinheirinho.

Lá pelas tantas, o moço me perguntou, se as pessoas deveriam ter uma meta de dinheiro, algo como um plano para atingir R$ 1 milhão. Perguntei por que e pra que as pessoas fariam isso e ele me disse que tinha visto, um ou dois livros, cuja capa te mostraria como chegar ou como fulano chegou ao primeiro milhão.

Para um idealista / sonhador / idiota / ocupado e sem paciência como eu, essa informação já era suficiente para encerrar a ligação, no entanto, resolvi inverter a entrevista e comecei a perguntar para o garoto, o que ele havia achado ou aprendido sobre a conquista do primeiro milhão.

A conversa deve ter deixado ele bastante confuso. Pra mim, foram 40 minutos perdidos e uma pauta para essa revista. Por partes:

1. Num país onde balas se perdem, que tem a segunda maior frota de carros blindados do mundo, porque alguém coloca a sua foto, seu nome completo em jornais, revistas e livros e diz: "Eu sou um milionário" !!??

2. Por que alguém resolve contar uma história em um livro, cujo assunto principal e final é ter atingido R$ 1 milhão ??

3. Por que as pessoas compram essas porcarias que misturam egocentrismo, auto-ajuda, fórmulas mágicas e certamente algumas mentiras ??

Explorando o garoto que havia decorado ambos e que esperava de mim uma terceira fórmula ou um reforço sobre tudo que ele havia "aprendido" nessas leituras, perguntei pra ele ...

1-) Todas as pessoas são iguais, tem o mesmo emprego, as mesmas diversões, os mesmos sonhos e as mesmas dificuldades ? Sim, porque apenas nesse caso, um livro deste tipo poderia ser comprado pelas pessoas de uma maneira geral.

2-) Para atingir tal objetivo, ele conta do que se privou ? Conta como foram suas últimas férias ? Qual o desenho preferido do seu filho ?

3-) Ele tem R$ 1 milhão na conta dele. Bacana. Parabéns !!! E agora ???

Odeio essas pessoas que se gabam por ter atingido um objetivo que parece distante ou impossível aos demais. Partem do princípio que são melhores, mais inteligentes e o pior mais felizes que nós.

Um dia, na piscininha infantil do clube (sempre o bom e velho clube), um ex colega de faculdade me reencontrou e quis porque quis me pagar uma bebida. Depois de muita negação, resolvi aceitar, e na hora perguntei qual seria o brinde.

Ele me disse: "Essa semana cheguei ao meu primeiro milhão" !!! Eu disse parabéns e perguntei e agora ?

Sem resposta, com um ar enfadonho de bem sucedido, me perguntou e você ?

Eu disse: comigo está tudo ótimo ! Moro onde eu quero, trabalho onde quero e com quem eu quero, casei com a mulher que sempre quis e tenho uma filha que acha que sou mais forte que o Mickey.

Mas está milionário também, perguntou-me ?

Ainda não tive tempo de pensar muito nisso, respondi. Ganho bem, mas não sou milionário. Resolvi começar pela parte mais difícil que era casar com alguém bacana, ter uma vida legal e ficar mais forte que o Mickey. Se não aparecer mais nada importante, neste ano ou no outro, corro atrás desse milhão.

Fuzilou-me e disse: acha fácil ganhar um milhão ?

" Cadú, olha ao nosso redor e veja quantos aqui tem R$ 1 milhão ? Tenho certeza que aqui no clube, tem mais gente milionária, do que gente mais forte que o Mickey, logo não deve ser tão difícil pra quem quer, correto?

TEMAS