Luciano Burti

TEMAS


Luciano Burti



O respeitável currículo de Luciano Burti no automobilismo internacional certamente parecia um sonho impensável quando o paulista conheceu o kart pela primeira vez, quando tinha 16 anos. Enquanto nesta idade a maioria dos jovens já está pensando em se mudar para a Inglaterra para competir de fórmula, Burti deu suas primeiras aceleradas no Kartódromo de Interlagos.

O começo tardio não impediu que as conquistas viessem rapidamente. No kart, ele teve várias conquistas marcantes, como o título do Sul-Americano, em 1994 (no fatídico dia 1º de maio) e do Paulista de Kart, em 1995.

No ano seguinte, mudou-se para a Inglaterra e, com 21 anos, foi um dos destaques logo em sua temporada de estréia, na Fórmula Vauxhall Jr. A ótima performance lhe permitiu a graduação para a Fórmula Vauxhall e em 1997 foi o campeão da categoria.

O passo seguinte foi a F-3 Inglesa, em que conquistou vitórias e chamou a atenção dos chefes de equipe da F-1. O bom desempenho lhe valeu a realização de um sonho: o primeiro teste com um carro da F-1, da equipe Stewart, em Silverstone. Em 1999, foi vice-campeão da F-3 Inglesa, após intenso duelo com Marc Hynes (campeão) e Jenson Button (o 3º colocado). O ano também foi marcado pela atividade de pilotos de testes da Stewart.

Para a temporada de 2000, o time se tornou Jaguar Racing, e Burti seguiu como piloto de testes e reserva dos titulares Eddie Irvine e Johnny Herbert. A estréia na categoria veio naquele mesmo ano, no GP da Áustria, quando o irlandês passou mal após os treinos de sexta. Mesmo só tendo entrado na pista no sábado pela manhã, Burti fez um bom trabalho e conseguiu levar a Jaguar ao final da prova, o que lhe elevou ainda mais seu conceito dentro do time.

No ano seguinte, foi contratado como piloto oficial para toda a temporada. Mas, no GP da Espanha de 2001, Burti surpreendeu a F-1 e trocou o time inglês pela Prost Grand Prix. E logo em seu primeiro GP conseguiu superar o experiente companheiro de equipe, Jean Alesi.

Na temporada seguinte, o time francês saiu da categoria, mas Luciano conseguiu um importante contrato com a Ferrari. Na escuderia de Maranello, foi piloto de testes durante três temporadas, 2002, 2003 e 2004, trabalhando em conjunto com Michael Schumacher e Rubens Barrichello nos anos mais dourados de conquistas para o time italiano.

Em 2005, a vontade de correr falou mais alto e Burti fez sua estréia na Stock Car. O ótimo desempenho logo em seu primeiro ano, conquistando dois pódios e eleito a revelação do ano, garantiram ao paulista um contrato com uma das principais equipes do automobilismo nacional: a Action Power.

O ano de 2005 também foi marcado pela vitória nos 200 KM de Buenos Aires, sendo o primeiro estrangeiro a vencer na principal prova do TC2000. No ano passado, Burti também se destacou com duas pole positions (em Curitiba e em Santa Cruz do Sul) e com o pódio na corrida de Buenos Aires, mostrando que virá com sede de vitória agora na Cimed Racing.

No final de 2004, Burti também iniciou uma nova carreira: a de comentarista das transmissões da TV Globo na F-1. Convidado nas três últimas provas daquele ano, o piloto se juntou a Reginaldo Leme e Galvão Bueno na cabine e se tornou fixo a partir da temporada de 2005.

1991: Inicio no kart

1994: Campeão Sul-Americano de Kart

1995: Campeão paulista de Kart

1996: 3º colocado no campeonato Inglês de Fórmula Vauxhall

1997: Campeão Inglês de Fórmula Vauxhall

1998: 3º colocado no campeonato Inglês de F-3

1999: Vice-Campeão no campeonato Inglês de F-3

2000: Piloto de testes de F-1 equipe Jaguar. Estréia no GP da Áustria

2001: Piloto oficial de F-1 - Jaguar (4 provas) e Prost (9 provas)

2002: Piloto de testes de F-1 equipe Ferrari

2003: Piloto de testes de F-1 equipe Ferrari

2003: 4º colocado nas 24 Horas de Spa - FIA GT

2004: Piloto de testes de F-1 equipe Ferrari

2005: 5º colocado no campeonato Brasileiro de Stock Car. Piloto Revelação do Ano

2006: 25º Colocado no campeonato Brasileiro de Stock Car

2007: 17º Colocado no campeonato Brasileiro de Stock Car

2007: Vice-Campeão do Desafio Internacional das Estrelas de Kart

Temas de Palestras

Além de piloto e comentarista esportivo, Luciano Burti divide sua experiência de vida apresentando palestras sobre temas que fazem parte do cotidiano das pessoas e, principalmente, um link de sua carreira ao mundo corporativo.

Durante a palestra há a exibição do vídeo completo do acidente ocorrido no GP da Bélgica de F1, pilotando um carro da Scuderia Prost. Neste momento Luciano faz um link com assuntos relacionados à superação de crises e desafios.

Do acidente ele guarda as seguintes lições:

1. Visão positiva do futuro

2. Pegar para si a responsabilidade

3. Enxergar

4. Criar uma solução

5. Fazer acontecer

6 meses depois: vídeo mostrando a volta por cima depois do acidente com o convite para ser piloto de testes da Scuderia Ferrari - link de como superar desafios e voltar ainda mais forte.

Linha do tempo :aqui Luciano conta sobre os anos como piloto de testes da Ferrari - link com trabalho em equipe, extremo profissionalismo e organização.

Volta para o Brasil para estar com a família em casa e nos negócios.

Final da linha do tempo, mostrando a volta às competições como piloto na categoria Stock Car V8 e o trabalho como comentarista esportivo na Rede Globo - link com a importância em buscar novos desafios.

Encontro com pessoas especiais

- Jackie Stewart 

- Eddie Irvine 

- Galvão Bueno 

- Felipe Massa 

- Alessandro Zanardi 

- Michael Schumacher