Ricardo Neves

TEMAS


Ricardo Neves



Ricardo Neves é empresário, empreendedor, engenheiro e consultor de estratégia com quase trinta anos de experiência de trabalho junto a empresas de primeira linha no Brasil e no exterior. Conta ainda com uma extensa vivência de serviços para organizações de desenvolvimento, como agências da ONU, Banco Mundial, BID, etc..

Engenheiro Eletricista e Eletrônico pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC Rio)

Mestre em Ciências (M.Sc.) em Engenharia de Produção pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (COPPE/UFRJ).

Mais de trinta anos de experiência no Brasil e exterior trabalhando para empresas nacionais, multinacionais e organizações de desenvolvimento (Banco Mundial, BID, agências da ONU, etc.).

Autor de seis livros sobre estratégia e inovação, entre eles “Ruptura” e “Tempo de Pensar Fora da Caixa”.

Foi colunista da revista Época e Época Negócios

Palestrante e realizador de workshops em escolas de negócios e programas in-company.

Na condição de autor, frequente colaborador da mídia e palestrante, Ricardo Neves é conhecido pelas provocações construtivas com que explora, tanto do ponto de vista das pessoas quanto das organizações, o desafio e a necessidade de inovação e de transformação permanente para uma transição bem sucedida na direção da Sociedade Digital Global e da Economia do Conhecimento. Desde 2004 já lançou outros cinco livros, sendo o mais conhecido deles (Tempo de Pensar Fora da Caixa)

Ricardo é consultor de empresas e instituições, sócio-diretor da itC Consultoria que tem como proposta ajudar seus clientes a desenvolver análises de cenários, futuros e tendências e a desenvolver estratégias corporativas e institucionais.

Recebeu seu título de mestrado (M.Sc.) pelo Programa de Engenharia de Produção da COPPE/UFRJ em 1988 e seu título de graduação pela Engenharia Eletrônica da PUC-RJ em 1978.

Ricardo costuma dizer que suas três décadas de vida como adulto podem ser divididas em três fases bem diversas. A primeira foi o tempo das atividades na academia (aluno de mestrado, professor e pesquisador na Universidade Federal do Rio de Janeiro).

A segunda década foi o tempo de intensa experiência com trabalhos no Brasil e no exterior, trabalhando como consultor para planejamento e para gestão de programas e projetos financiados por órgãos multilaterais. Nesse período esteve envolvido em iniciativas financiadas por instituições como o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), Banco Mundial, Banco Inter-Americano para o Desenvolvimento, Organização para a Cooperação e para o Desenvolvimento Econômico (OCDE); iniciativas essas que tinham como objetivos a promoção do desenvolvimento urbano, recuperação de meio ambiente, o fortalecimento institucional e capacitação de comunidades de baixa renda e ONGs.

Ao longo da última década, à frente de sua empresa de consultoria, Ricardo interessou-se pelas oportunidades de trabalhar no mundo corporativo para empresas de primeira linha ajudando-as como consultor em estratégia e inteligência de mercado.

É palestrante e articulista requisitado em eventos nacionais e internacionais em temas envolvendo concepção de estratégia e cenários em negócios públicos e privados

Em 1993, foi distinguido pelo Jornal do Brasil com o prêmio Líderes do Amanhã e escolhido como Fellow pela Fundação Ashoka em 1988.

A realização de palestras faz parte de meu cotidiano tanto quanto o trabalho de consultor e de autor; sejam essas conferências para o público geral ou exposições analíticas estruturadas, aprofundadas e densamente lastreadas com dados e fatos para diretorias de empresas.

A apresentação ao vivo é um canal de comunicação que prezo e cultivo quase tanto quanto escrever livros, pois possibilita o debate de forma viva e interativa. Aprecio imensamente as oportunidades de estruturar apresentações provocativas, porém construtivas, que ajudam a lançar novos olhares sobre a realidade. Gosto de encontrar insights que instigam nas pessoas o prazer de refletir mais aprofundadamente, estimulando-as a sair da "zona de conforto", da letargia mental resultante do consumo excessivo dos produtos da indústria do entretenimento de massa. No ofício de palestrante, não busco entreter, mas provocar a reflexão, de forma prazerosa e produtiva.

Como conferencista não tenho nenhum cardápio com "produtos de prateleira", tampouco papos-clichê que podem ser requentados para qualquer audiência. Gosto de desenvolver artesanalmente cada apresentação a partir do briefing de cada cliente contratante. Assim cada apresentação é única e parte da recompensa é ver as pessoas refletirem, dialogarem e comentarem na saída: eu não tinha pensado nisso ainda!..

Ricardo Neves desenvolve uma conversa em seu novo livro que interessa em especial às pessoas quarentonas e cinquentonas.

Os estudos demográficos mostram que aqueles que nasceram após a década de 60 estão ganhando pelo menos 20 anos de expectativa de vida. E se considerarmos desde o início do século XX este bônus de longevidade ultrapassa 30 anos! Nome do seu novo livro (A Aposentadoria é para os Fracos)

Além desse salto de longevidade começa a ficar claro que estamos ingressando o tempo no qual trabalho físico pesado é coisa do passado. Na Era da Economia do Conhecimento o que importa mesmo é a capacidade de saber se reinventar, de se reciclar com frequência, seguir aprendendo e não parar nunca. Quem passa a ver o mundo desta forma: os sessenta são os novos quarenta.

Suas Palestras:

- A Crise Que Não Podemos Desperdiçar!

Ricardo Neves analisa e explica como a crise atual é resultante de uma conjunção complexa de problemas estruturais do Brasil, que não existe solução mágica e nem de curto prazo e que, por essas razões, não cabe às empresas esperar que tenhamos uma volta ao business as usual.

Pelo contrário, o futuro no médio prazo é de nos dirigirmos para um novo normal.
Nesta perspectiva, de forma motivacional, instigante e positivamente provocativa, Ricardo Neves mostra que a melhor estratégia para as empresas é se adiantar e aproveitar a crise como um tempo para pensar fora da caixa, de acelerar inovações e mudanças, tanto em seus negócios quanto em termos de mentalidade de seus colaboradores.

Energia Inteligente - Crise de Energia e Como vamos sair dela

Palestra quem trata de desafios e oportunidades para a superação de um modelo obsoleto de produção e consumo de energia elétrica.

Os 60 são os novos 40 - Aposentadoria é para os Fracos

Palestra que se apoia em seu livro mais recente, concebido como uma ferramenta de desenvolvimento pessoal, e que se destina a dois segmentos distintos de público-alvos: Corporativo/RH

Objetivo: motivar e promover o espírito de inovação/reinvenção entre funcionários e colaboradores acima de 40 anos como forma de elevar a produtividade no trabalho;


Temas das Palestras

- A situação econômica brasileira atual e perspectivas para os anos futuros e de como líderes e empresas podem enfrentar positivamente o pessimismo com a economia
- A Aposentadoria é para os Fracos
- Processos de mudança nos estilos de vida das pessoas
- Processos de mudança nos estilos de vida da sociedade
- Processos de mudança nos estilos de vida das organizações
- Processos de mudança nos estilos de vida do governo
- Sociedade Social Global
- Tempo de Pensar Fora da Caixa - A grande transformação das organizações rumo à Economia do Conhecimento"
- A mãe de todas as crises
- Criatividade e Inovação
- Gestão de Pessoas
- Liderança
- Mestre de Cerimônias
- Motivação
- Política
- Qualidade de Vida
- Tecnologia
- Advogado
- Educação / Educadores
- Eletricidade
- Inovação
- Mudanças
- Cenários
- Macro e micro economia
- Mercado
- Sociedade
- Produtividade
- Qualidade de vida
- Consumo de energia
- Inovação e Ativismo social
- Ferramentas colaborativas